É conhecido por todos, que este fruto já faz parte da preferência da maioria dos portugueses, seja pelo seu sabor e frescura, seja pelo seu valor nutritivo, seja pelos preços mais apetecíveis que apresenta em certas alturas do ano. Porém, na perspectiva do produtor, interessará conhecer outros factores:
  • A planta é bastante rústica e bastante resistente a várias doenças; embora com produções mais fracas, é possível produzir este fruto com poucas ou nenhumas intervenções de luta química (tratamentos);
  • É uma planta muito produtiva, o que implica que a instalação de pequenos pomares de kiwi, originem grandes quantidades de fruta vendida;
  • É um fruto muito valorizado nos mercados locais, e sobretudo nos mercados internacionais;
  • Os circuitos de escoamento deste fruto em Portugal, existem. Estão especialmente favorecidos os produtores de kiwi, que apostem em áreas tidas pelas empresas como rentáveis para a recolha de produto final.
Por estes e por mais factores, esta cultura é uma aposta certa em determinadas regiões do País, tanto em pequena como em grande dimensão.

A diversificação também chegou ao mundo dos kiwis: desde o kiwi arguta ou anão, passando pelo kiwi gold, reibo red e vários outros. O mercado nacional e internacional é altamente deficitário deste fruto, o que o torna uma aposta segura no setor dos pomares.